.posts recentes

. Paulo Laureano Premium Vi...

. Quinta do Boição Reserva ...

. Momenta vs RV - Castas d'...

. Momenta vs RV - Nunes Bar...

. Momenta vs RV - Pedra Can...

. Periquita Reserva - Tinto...

. Momenta vs RV - Quinta do...

. Momenta vs RV - Casas Bra...

. Momenta vs RV - Grand'Art...

. Momenta vs RV - Campolarg...

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Novembro 2018

. Setembro 2018

. Maio 2018

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

Sexta-feira, 23 de Março de 2012

Momenta vs RV - Herdade do Sobroso - Tinto 2008

Vinho Herdade do Sobroso
Tipo / Ano Tinto 2008
Castas Aragonez (30%), Trincadeira (30%), Alic. Bouschet (20%), Alfrocheiro (20%)
Região Alentejo
Produtor Herdade do Sobroso


Aspecto Rubi, algo concentrado
Nariz Fruta madura, madeira, especiarias, chocolate
Boca Bom corpo, taninos polidos, acidez média. Redondo e polido, o seu corpo dá-lhe volume de boca, com a fruta saborosa, madura e intensa a dominar o palato. Tem um bom final suave e frutado, onde algumas nuances de café ainda se mostram.


Nota 16
Data Prova Março 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV O vinho apresenta um bom desenho aromático, com evidentes notas defruta madura, uma leve percepção vegetal e de madeira, mas tudo bem equilibrado e balanceado. Na boca apresenta-se equilibrado e macio, pronto a beber mas com estrutura que lhe dá corpo. Boa aptidão gastronómica.

 

Localizada no concelho da Vidigueira, a Herdade do Sobroso tem uma área de 1600 hectares que permite aliar a produção de vinho ao enoturismo. Encontra-se, portanto, na sub-região da Vidigueira. Com origem em videiras plantadas num solo franco-argiloso, este vinho foi vinificado em cubas de inox, com estágio posterior de 14 meses em pipas de 500 litros de carvalho francês allier e mais 9 em garrafa.

É um vinho muito bom, apresenta a suavidade com que o Alentejo conquistou o mercado nacional. Concentrado de aromas e sabores, é muito agradável na boca e proporciona momentos de muito prazer. Tem qualidade e perfil consensual, pronto a brilhar à mesa.

 

publicado por Ricardo Cruz às 12:44
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Março de 2012

Momenta vs RV - Quinta Gradil Touriga & Tannat 2009

Vinho Quinta Gradil – Touriga & Tannat
Tipo / Ano Tinto 2009
Castas Touriga Nacional, Tannat
Região Regional Lisboa
Produtor Quinta do Gradil


Aspecto Retinto
Nariz Intensidade média, perfumado, frutado, floral, nuances madeira
Boca Corpo médio, taninos um pouco adstringentes, boa acidez. Mostra-se fresco, estruturado e saboroso na boca, seguindo o perfil do nariz. Cativa e desperta curiosidade pelo perfil diferente da maioria dos tintos nacionais. Final médio, seco, com a ligeira adstringência dos taninos a mostrar-se.


Nota 16
Data Prova Fevereiro 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV Original combinação de duas castas, o vinho apresenta-se muito concentrado na cor e no aroma, austero e fechado, descobrindo depois notas de bagas maceradas, um muito leve floral típico da Touriga. A boca é ampla e vigorosa, com os taninos firmes e a acidez muito viva e fresca da Tannat. É um vinho de guarda, muito gastronómico, indicado para pratos gordos ou bem temperados

 

 

Um vinho muito interessante pelo seu perfil diferente nos aromas e sabores. De uma forma inesperada lembra-nos........ verde tinto (opinião de 2 provadores). Com uma estrutura de taninos que se destaca e uma acidez acima da média, dá indícios de longevidade. Gostei muito.

publicado por Ricardo Cruz às 13:10
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2012

Momenta vs RV - Herança Tinto 2009

Vinho Herança Vinhas Velhas
Tipo / Ano Tinto 2009
Castas
Região Douro
Produtor Terroir D'Origem


Aspecto Rubi concentrado
Nariz Personalizado, frutos vermelhos, fruta preta mineral
Boca Encorpado, boa acidez, taninos finos e polidos. Na boca destacou-se um corpo bem constituído, que acomoda muito bem a estrutura de taninos e uma frescura bem agradável. O final médio e seco, fica marcado por alguma causticidade dos 14,5% álcool


Nota 16,5
Data Prova Janeiro 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV Proveniente de vinhas com mais de 80 anos localizadas em casal de Loivos, este vinho mostra muita cor e aroma profundo, complexo e intenso, juntando a fruta silvestre madura do Douro a notas de esteva e arbusto. Na boca volumosa a madeira mal se nota, o vinho é cheio, firme, vibrante e personalizado

 

 

Mais um momenta vs RV, com a garrafa que acompanhou a edição de Novembro. Vinho muito bom, com personalidade, estrutura e acidez, mostra qualidade e, quem sabe, longevidade. Pena sentir-se um pouco o álcool, o que prejudica a elegância, porque chegaria à excelência. Gostei muito de o beber, mesmo com uma constipação que condicionou a degustação. A €6,00 com a RV foi das melhores compras de 2011, mas se pensarmos no valor de prateleira, vale os €9,00.

publicado por Ricardo Cruz às 19:32
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011

Momenta vs RV - Julian Reynolds

Vinho Julian Reynolds
Tipo / Ano Tinto 2008
Castas Alicante Bouchet, Trincadeira, Aragonez, Syrah
Região Alentejo
Produtor Julian Cuellar Reynolds


Aspecto Rubi intenso
Nariz Frutos silvestres (amora), ligeira especiaria, madeira em fundo
Boca Corpo médio, boa acidez, taninos polidos. Boca focada na fruta, bem saborosa, suave e fresca até um bom final, com aquela causticidade ligeira do Alentejo


Nota 16,5
Data Prova Novembro 2011
Preço €6,00, Revista Vinhos Outubro
Prova RV Aroma com muitas notas balsâmicas, menta e especiarias. Cheio e redondo na boca, muito suave de taninos, onde aparecem sugestões de rebuçados de frutos e “after-eight”, num conjunto que prima pela macieza e polimento, equilibrado por uma boa acidez no final

 

 

Mais um momenta vs RV, desta vez com este vinho do Alentejo. As uvas colhidas na Herdade da Figueira de Cima fermentaram em balseiros Seguin Moreau de carvalho francês e parte do lote estagiou mais 12 meses em barricas da mesma origem, antes de um repouso de outros 12 meses que precedeu o lançamento no mercado. O resultado é um vinho que se destaca pela qualidade do seu carácter frutado e boa acidez. Embora no nariz a madeira tenha momentos de superioridade, na boca tudo é amora bem saborosa. Um vinho muito bom, que acompanhou uns medalhões de novilho na brasa.

publicado por Ricardo Cruz às 12:54
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds