4 comentários:
De numadeletra a 28 de Fevereiro de 2013 às 16:04
Acompanho o Momenta com regularidade mas sou tão leiga em matéria de vinhos que não me atrevo a deixar nenhum comentário (nem a minha última ida ao Essência do Vinho, pelo 4º ou 5º ano consecutivo, me valeu!)...
Resumindo: apesar de silenciosa, a Numa de Letra está atenta :-)

Um abraço
De Ricardo Cruz a 28 de Fevereiro de 2013 às 17:58
Este comentário devia ser lido por todos que escrevem sobre vinho. De tão cirúrgico, é um verdadeiro tiro no porta-aviões. Não se aplica ao momenta, que é um blog sem ambições, mas para quê escrever e ser um player activo no mundo dos vinhos, se a maioria dos consumidores não se sente confortável com o conteúdo dos posts? Confesso que o meu objectivo de longo prazo é conseguir falar de vinhos de uma forma intelegível por qualquer pessoa. Mas é muito difícil fugir à gíria da enologia.
A numadeletra consome e gosta de vinho? Alguma preferência (brancos, tintos, etc...)? Posso pensar num ou noutro desafio para entrar neste mundo fascinante. Faça uma analogia com a literatura. Podemos adorar um livro sem o dissecarmos. Por ex, há muitos milhões de seguidores de Gabriel Garcia Marquez que não sabem o que é o realismo mágico. Pois podemos e devemos apreciar um vinho só pelo prazer que nos dá, sem preocupações em avaliar aromas, corpo, acidez, taninos e afins... Claro que termos a percepção destes aspectos enriquece a degustação, mas não é essencial.
P.S. Sou assíduo na EV, mas não para aprender (excepto nas provas especiais). É uma oportunidade para provarmos muitos e grandes vinhos, que nos custariam milhares fora de um evento deste tipo.
De haifa a 6 de Fevereiro de 2015 às 15:38
Abria ultima de 2009 no fim de semana passado...5*...
Agora é esperar que as 2012 tenham a mesma qualidade!
De Ricardo Cruz a 6 de Fevereiro de 2015 às 19:37
2009 foi um bom ano no Douro. Que delicia, certamente. Curiosamente, há pouco bebi uma 2010 e estava também óptima, mas ainda podia ter ficado mais tempo na garrafeira. Fico também expectante pela próxima colheita a chegar ao mercado.
Volte sempre!

Comentar post