.posts recentes

. Vinha Maria 2017

. Pedra do Gato branco 2018

. Bye Bye Summer Wine Party...

. Fagote Grande Reserva 201...

. Pacheca Superior 2015

. Ladeira da Santa Grande R...

. Casa da Senra Loureiro 20...

. Mirabilis Grande Reserva ...

. Palmer & Co Brut Réserve

. Villa Martino

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Novembro 2018

. Setembro 2018

. Maio 2018

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

Terça-feira, 29 de Janeiro de 2013

Diário de bolsa - 29/01/2013

Hoje houve uma tentativa de correcção na banca. Durante a manhã as quedas acentuaram, aparentemente tomada de mais-valias, mas o mercado teima em segurar as cotações. Talvez haja menos intervenientes dispostos a arriscar posições curtas e a menor força compradora seja suficiente para estas vendas. Os títulos que acompanho tiveram uma manhã negativa e tentaram recuperar à tarde.

O BCP ainda navegou entre 11,1cts e 11,2 cts, mas acabou por passar grande parte do dia abaixo dos 11 cts, com volume superior ao de ontem. Há claramente quem esteja a lutar pelo título e conseguiu fechar nos 10,9 cts (embora com quebra dos €0,11). O BES também passou grande parte do dia abaixo do €1,10, o que poderia empurrar a cotação para o próximo suporte, perto do €1,05, mas nos últimos minutos conseguiu um fecho no €1,10. Verdadeiramente in extremis. A luta está ao rubro.

A GALP começou o dia em forte queda e aproximou-se dos €12,00. Não resisti e acabei por entrar. É um trade bem arriscado, porque se o PSI 20 inicia uma correcção mais forte posso ver a cotação testar os €11,90 ou até €11,50. Vamos acreditar que a barreira psicológica dos €12,00 se aguenta e que vai aproximar-se dos €12,50 em breve (mera esperança, sem qualquer suporte). O fecho a €12,17 aponta para indecisão.

A Jerónimo Martins, sempre forte, está a rondar os €16,00 com alguma estabilidade, embora o fecho tenha sido abaixo (€15,925).

No final do dia, o PSI fecha quase inalterado: -0,05%.

 

Nota: Estes posts são apenas registo de operações e reflexões pessoais. Não devem ser interpretadas como aconselhamento, nem assumo responsabilidade pelas consequências para quem seguir algo aqui escrito. Para esse efeito há entidades profissionais e especializadas.

tags:
publicado por Ricardo Cruz às 19:37
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds