.posts recentes

. Vinha Maria 2017

. Pedra do Gato branco 2018

. Bye Bye Summer Wine Party...

. Fagote Grande Reserva 201...

. Pacheca Superior 2015

. Ladeira da Santa Grande R...

. Casa da Senra Loureiro 20...

. Mirabilis Grande Reserva ...

. Palmer & Co Brut Réserve

. Villa Martino

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Novembro 2018

. Setembro 2018

. Maio 2018

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2013

Momenta vs RV - Quinta do Sobral Reserva - Tinto 2010


Vinho Quinta do Sobral Reserva
Tipo / Ano Tinto 2010
Castas
Região Dão
Produtor Quinta do Sobral


Aspecto Rubi fechado
Nariz Frutado, floral, nuances madeira
Boca O ataque é suave, mas logo sentimos o seu corpo bem constituído a encher a boca com a amplitude que tem. Carnudo, tem taninos finos e acidez bem integrada. O final é médio/longo, com persistência onde se mostram acidez e taninos sem perder suavidade.


Opinião Muito Bom
Data Prova Dezembro 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV As notas florais da Touriga estão bem patentes, com intensidade mas sem excessos. O vinho apresenta-se equilibrado e leve na boca, com a fruta sempre em primeiro plano, muita frescura no final longo e afirmativo.

 

 

Um vinho do Dão, bem suave, mas com muitas componentes a dar-lhe volume. É um estilo que me agrada em particular, já que a elegância não é conseguida através de um perfil sumarento. Arriscaria vaticinar um estado de evolução notável em poucos anos de guarda. Gostei muito e recomendo, é um vinho para uma boa carne.

publicado por Ricardo Cruz às 12:50
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds