.posts recentes

. Pedra do Gato branco 2018

. Bye Bye Summer Wine Party...

. Fagote Grande Reserva 201...

. Pacheca Superior 2015

. Ladeira da Santa Grande R...

. Casa da Senra Loureiro 20...

. Mirabilis Grande Reserva ...

. Palmer & Co Brut Réserve

. Villa Martino

. Permitido 2017

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Novembro 2018

. Setembro 2018

. Maio 2018

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

Sexta-feira, 13 de Setembro de 2019

Pedra do Gato branco 2018

Pedra Gato branco 18.jpg

Com as castas brancas tradicionais do Dão (Encruzado, Bical, Malvasia-Fina), o vinho leva-nos lá, mostra características que associo ao Dão. Gostei, proporciona prazer a beber, com notas cítricas e até ligeira mineralidade, boa frescura e presença média na boca.

Compra que vale a pena ao preço de promoção, facilmente voltarei a comprar. Marca exclusiva Continente, penso eu.

tags: ,
publicado por Ricardo Cruz às 18:52
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Agosto de 2019

Bye Bye Summer Wine Party 2019

Há eventos que nos servem como uma luva: um sábado (31/08), em Vila do Conde (minha terra natal), no restaurante onde participo em tantos jantares vínicos. Simplesmente perfeito.

Detalhes cedidos pela organização:

Diga adeus às férias de verão... de copo na mão!

A agenda de eventos de Lisboa já não dispensa a festa que celebra o fim das férias e o regresso à vida ativa. A Bye Bye Summer Wine Party já vai para a quinta edição, sempre no jardim do Lisbon Marriott Hotel, mas este ano há uma novidade: pela primeira vez a o evento realiza-se também a norte de Portugal, em Vila do Conde, no Villazur Restaurante & Tapas e em simultâneo na Capela de S. Sebastião, espaço que servirá de palco para verdadeiras “Provas à Capela”, vinhos especiais, apresentados pelos enólogos em solo sagrado do séc. XIV.

Fica triste só de pensar que as férias de verão estão a terminar? Anime-se! Esta festa é para si! Num só sítio estarão reunidos os vinhos de produtores selecionados de Portugal, petiscos perfeitos para acompanhar, música para dançar e um espaço atrativo para de tudo isto desfrutar. Na verdade, este ano são dois os espaços, em Vila do Conde e em Lisboa. Está a chegar a Bye Bye Summer Wine Party, evento coorganizado pela revista Paixão Pelo Vinho, pelo Villazur e Lisbon Marriott.

A festa vínica que celebra o final das férias de verão vai realizar-se, pela primeira vez, em Vila do Conde, no dia 31 de agosto, a partir das 18 e até às 23 horas. Apreciadores de vinhos e das coisas boas da vida vão reunir-se nas instalações do Villazur Restaurante & Tapas e na Capela de São Sebastião. O Villazur é um restaurante já bem conhecido por todos quantos apreciam a arte de bem viver, os sabores que pela simplicidade, identidade e delicadeza fazem percorrer quilómetros e chegar aquele sítio que a que se chama “casa” sem o ser. É um espaço com decoração cosmopolita e atrativa, perfeitamente integrada na paisagem onde está inserido e onde os elementos da natureza são privilegiados. A sala panorâmica do primeiro andar será dedicada aos produtores selecionados e às provas de vinhos, no piso de baixo, esplanada e rua circundante haverá espaços para sentar e desfrutar das deliciosas iguarias, que prometem acompanhar divinalmente os vinhos em prova, não vai faltar a música, a festa e muita animação. Mesmo ao lado está a Capela de S. Sebastião, espaço preservado que está em recuperação e servirá de palco sagrado para as provas de vinhos premium, apresentadas pelos enólogos e produtores, serão verdadeiras “Provas à Capela”, uma seguramente experiência memorável!

No dia 6 de setembro, das 18 às 23h00, é a vez de Lisboa receber a Bye Bye Summer Wine Party. O jardim do Lisbon Marriott Hotel será, pelo quinto ano consecutivo, o cenário escolhido para receber as cerca de 1500 pessoas esperadas, depois do grande sucesso da última edição da Hello Summer Wine Party. Para além dos mais de 200 vinhos em prova, haverá cocktails, petiscos e iguarias, porco no espeto, música e animação e, imagine, um espaço onde a única missão é: ganhar prémios! “Arrisque e ganhe” é a iniciativa patrocinada pela Enoport Wines com as marcas Faisão, Cabeça de Toiro e Lagosta. Há centenas de prémios para oferecer, basta arriscar e ganhar, quantas vezes quiser, até acabar!

Os bilhetes para a Bye Bye Summer Wine Party Vila do Conde e Lisboa já estão disponíveis através da Ticketline on-line e em todos locais habituais de venda de espetáculos como Fnac, Worten, El Corte Inglés, por exemplo. Em pré-venda o bilhete “Wine Party” tem um custo de 10€ e no dia do evento custará 15€, sempre com oferta do copo de prova. Em Vila do Conde para participar nas provas especiais “à Capela” terá de comprar o bilhete “Premium” que custa 15€ em pré-venda e 20€ no dia da festa, os lugares são limitados.

O evento este ano conta com o patrocínio da Adega de Favaios. Ao comprar antecipadamente o bilhete receberá, no check-in da festa vínica, uma garrafa de Favaíto, o delicioso Moscatel do Douro, companhia perfeita para assistir ao pôr-do-sol. Um evento assim, vai ser mesmo... “bonito, bonito”!

Prepare-se para dizer adeus às férias de verão... a brindar! A norte ou a sul, estará tudo preparado para uma grande e glamorosa festa, plena de irresistíveis sugestões vínicas, deliciosos petiscos, música, pessoas felizes e muitos brindes ao amor, à amizade e à partilha... Seja no Villazur Restaurante & Tapas ou no jardim do Lisbon Marriott Hotel, o encontro está marcado para as 18h00.

publicado por Ricardo Cruz às 17:32
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

Fagote Grande Reserva 2012

Fagote_gderes_12.jpg

Name: Fagote Grande Reserva Vinhas Velhas

Type: Red

Vintage: 2012

Grapes: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinta Barroca

D.O.: Douro, Portugal

Ageing: 12 months french oak

Beautiful moment, smooth, wide array of aromas, still fresh and long. Loved it, all about pleasure.

Em grande forma, tudo polido, diversidade de aromas, ainda fresco e longo na boca. Está com um perfil que adoro: um toque torrado e especiado, polido e longo. Foi uma bela degustação, puro prazer.

publicado por Ricardo Cruz às 13:14
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Junho de 2019

Pacheca Superior 2015

Pacheca_Sup_2015.jpg

Name: Pacheca Superior

Type: red

Vintage: 2015

Grapes: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca

Ageing: 12 months, french oak

D.O. Douro, Portugal

 

I like this wine a lot. Just that. Fresh, clear aromas and flavours. It's that wine that I drink and enjoy above average. 

Gosto deste vinho. Pela definição de aromas e sabores, pela frescura, mas essencialmente pelo prazer de o beber. Já o bebi várias vezes e sempre o apreciei acima da média. Um caso de empatia, portanto.

tags:
publicado por Ricardo Cruz às 19:23
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 10 de Junho de 2019

Ladeira da Santa Grande Reserva

Ladeira Santa gde res 15.jpg

Name: Ladeira da Santa Grande Reserva

Type: red

Vintage: 2015

Grapes: Touriga Nacional, Alfrocheiro

D.O.: Dão, Portugal

 

Very good, liked it very much. Nice evolution, with some varietal notes still present.

Está em bela forma, ainda com o floral da Touriga presente, complementado com especiarias, fruta, etc... Muito prazer a beber, volume boca, frescura. Enfim, muito bom, gostei muito.

tags:
publicado por Ricardo Cruz às 15:03
link do post | comentar | favorito
Sábado, 8 de Junho de 2019

Casa da Senra Loureiro 2018

Casa Senra loureiro 18.jpg

Name: Casa da Senra

Type: white

Vintage: 2018

Grape: Loureiro

D.O.: Vinhos Verdes

Nice and fresh, off dry, shows the grape.

Um vinho fresco e agradável, com açucar residual notório, que mostra a casta. Gostei.

tags:
publicado por Ricardo Cruz às 18:15
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 31 de Maio de 2019

Mirabilis Grande Reserva Branco

Mirabilis_Gd_Res_Br.jpg

Name: Mirabilis Grande Reserva Branco

Type: White

Vintage: 2017

D.O.: Douro, Portugal

 

Amazing white wine.

Um grande vinho branco, completo. Faz-se pagar, mas mostra-se à altura do preço. Adorei.

 

 

tags:
publicado por Ricardo Cruz às 23:07
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 8 de Maio de 2019

Palmer & Co Brut Réserve

PalmerCo.jpg

Mostra muitas características que associamos ao champanhe. Aromas de panificação, fumados e frutos secos, bolha fina, textura suave e final longo. Tem algum açúcar residual, que o torna menos vibrante em termos de frescura, mas agradável e fácil de beber. Gostei, passou a ser dos meus preferidos no grupo Brut Réserve.

A lot of champagne adn in this one. Both nose and mouth show the region's profile. A bit of sugar makes it pleasant and easy to drink, but not so fresh in the mouth. Enjoyed it and became one of my favourite in the Brut Réserve class.

tags:
publicado por Ricardo Cruz às 08:32
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 22 de Novembro de 2018

Villa Martino

Villa Martino.jpg

Name:Villa Martino
Type: red
Vintage: 2011
Grape: Nebbiolo
D.O. : Barolo, Piemonte, Northwest Italy

All the tannins were there, as the light garnet colour. A more fruity Barolo, very nice.

Os vinhos da região Italiana de Barolo têm caracterísitcas únicas: cor clara e granada e uma quantidade de taninos que deixa a boca "em obras". São vinhos de guarda longa. Neste caso, as características estavam lá, com notas frutadas a mostrarem-se dominantes. Um vinho muito agradável, mas que acabou por não entusiasmar, por comparação com outros Barolo já provados. Mas mostra o estilo e gostei de o beber.

tags:
publicado por Ricardo Cruz às 13:04
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Novembro de 2018

Permitido 2017

Permitido 2017.jpg

Name: Permitido
Type: White
Grape: Rabigato
Vintage: 2017
D. O. : Douro, Portugal

What a great wine! One of my favorite vintages of a secure choice. All about pleasure, you just can't stop... 
 
Um belíssimo vinho. Varietal de Rabigato, vinha em altitude no Douro. Um vinho que acompanho há vários anos e que se mostra excelente em 2017. Aroma cítrico muito definido, mas também com manga e aquele toque fumado/mineral que pessoalmente gosto muito. Muito fresco na boca, saboroso e final longo. Um imenso prazer beber este vinho, difícil é parar.
tags:
publicado por Ricardo Cruz às 19:50
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Novembro de 2018

Joseph Drouhin - Mâcon-Bussièrres Les Clos

JosephDrouhin_Macon.jpg

Name: Joseph Drouhin
Type: White
Vintage: 2016
Grape: Chardonnay
D. O. : Mâcon-Bussierres Les Clos, Mâconnais, Borgogne

Keeping in touch with Chardonnay. All about the fruit, very good.
 
Uma passagem pela Borgonha para provar um Chardonnay a preço acessível (€13,50). Com origem na zona de Mâconnais, um pouco a sul da mais famosa Côte D'Or, mostra um lado cítrico mais maduro, com ligeiro mineral. Cremoso na boca, com sensação de volume e acidez. Termina médio. Um vinho que não deslumbra, mas é muito eficaz, porque dá muito prazer beber, o palato pede mais. Gostei muito.
tags:
publicado por Ricardo Cruz às 17:18
link do post | comentar | favorito
Domingo, 23 de Setembro de 2018

Vale do Bonfim tinto 2016

Vale Bonfim tinto 2016.jpg

Name: Vale do Bonfim

Type: Red

Vintage: 2016

Grapes: Touriga Franca, Touriga Nacional, outras

D.O.: Douro, Portugal

 

Iniciou a feira de vinhos do Continente e trouxe este vinho, exclusivo desta cadeia de hipermercados.

Aroma muito floral e pouco mais (no início algum chocolate que desapareceu). Na boca, poucos taninos, corpo mediano e alguma volatilidade (componentes à solta, nomeadamente acidez). Final médio. Sente-se o Douro e o vinho é agradável e saboroso. Ainda justifica os €5,19 que se paga em promoção, mas o preço base de €12,99 é para vinhos com outras ambições; pelo menos no que toca a degustação/análise sensorial.

tags: ,
publicado por Ricardo Cruz às 00:37
link do post | comentar | favorito

Vallado rosé 2017

Vallado rose 17.jpg

Name: Vallado

Type: Rosé

Vintage: 2017

Grape: Touriga Nacional

D.O.: Douro, Portugal

 

Flavoured, fresh, good intensity and persistence. Low temperature advised. Liked it very much, is in 2018 top 3 rosés.

 

Um dos rosés de que mais gostei em 2018. Muito floral no nariz, boca com sensação de frescura, boa intensidade de sabor e persistência longa. Gostei dele bem fresco, próximo da temperatura de espumante.

tags:
publicado por Ricardo Cruz às 00:22
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 7 de Setembro de 2018

Hexagon 2005

Hexagon_2005.jpg

Name: Hexagon

Type: red

D.O. Portugal, Regional Terras Sado

Vintage: 2005

Grapes: blend

 

Beautiful evolution, complex, fresh and a delight to drink.

Um topo de gama em grande forma. Cor granada, muito rico de aromas (madeira, café, fruta preta, especiarias), bela sensação de frescura na boca, bastantes taninos, final longo. Um imenso prazer beber este vinho.

tags:
publicado por Ricardo Cruz às 13:29
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Ultreia St. Jacques

Ultreia_St_Jacques.jpg

Name: Ultreia Saint Jacques

Type:Red

Vintage: 2012

D.O.: Spain, Bierzo

Grape: Mencia

 

Profile: light ruby colour, medium body, intense aroma and flavour (black pepper).

De Espanha chega este tinto da casta Mencia (Jaen no Dão). Cor e corpo médios, mas com intensidade aromática e boa presença na boca. Caráter muito especiado, como também encontramos no Dão. Gostei e esteve muito bem à mesa.

tags:
publicado por Ricardo Cruz às 13:41
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds