Este blog é a materialização de duas necessidades humanas: expressar o que nos passa pela cabeça e guardar para consulta futura. Não possuo formação específica sobre as matérias abordadas, logo, este blog é apenas um espaço aberto de opinião.

.posts recentes

. Paulo Laureano Premium Vi...

. Quinta do Boição Reserva ...

. Momenta vs RV - Castas d'...

. Momenta vs RV - Nunes Bar...

. Momenta vs RV - Pedra Can...

. Periquita Reserva - Tinto...

. Momenta vs RV - Quinta do...

. Momenta vs RV - Casas Bra...

. Momenta vs RV - Grand'Art...

. Momenta vs RV - Campolarg...

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

Segunda-feira, 25 de Julho de 2016

Paulo Laureano Premium Vinhas Velhas 2015

V_Paulo_Laureano_VV_Br_15.jpg

A Revista de Vinhos de julho trouxe este vinho branco. Dado o período de calor foi para o frigorífico e ontem foi altura de o provar. Da zona única da Vidigueira chegam as uvas de Antão Vaz, Arinto e Fernão Pires. Cor amarela, aroma frutado e nuances minerais; corpo médio e texturado na boca, com boa frescura. Gostei muito do vinho, com corpo e textura para ligar muito bem à mesa. Mais um tempo para polir poderá reforçar este lado gastronómico. Paulo Laureano com mais um belo vinho originário da sua Vidigueira.

publicado por momenta às 20:11
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Outubro de 2014

Quinta do Boição Reserva - Branco 2012

V_Boicao_Br_12

Varietal de arinto com origem na região onde se exprime na sua plenitude. Vinho que volta a sair com a Revista de Vinhos e que apresenta um perfil diferente. Lembro-me que a versão 2010 apresentava o lado tropical conjugado com fumados da passagem por madeira, enquanto que este 2012 mostrou-se mais complexo, com mais notas balsâmicas, como se apresentasse um pouco mais de evolução oxidativa. Mantém-se muito bom, muito agradável, com presença gorda e texturada na boca, a boa frescura esperada e um final longo.

Harmonização: Curiosamente, escolhi-o para acompanhar um frango no churrasco, para ligar os fumados do vinho e que o carvão confere à dita ave. Bom, saiu um pouco ao lado, porque, como já se viu, o perfil não estava como esperava.

Como vou recordar este vinho: Vinho muito bom, muito agradável na boca, com perfil mais evoluído.

 

Vinho Quinta do Boição Reserva Produtor Quinta do Boição
Tipo / Ano Branco 2012 Opinião Muito bom
Castas Arinto Data Prova Setembro 2014
Região Bucelas Preço €6,00 com a Revista de Vinhos

 

publicado por momenta às 19:01
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Julho de 2013

Momenta vs RV - Castas d'Ervideira Antão Vaz - branco 2012


Vinho Castas d'Ervideira Antão Vaz
Tipo / Ano Branco 2012
Castas Antão Vaz
Região Alentejo
Produtor Ervideira Soc. Agrícola


Aspecto Citrino fechado
Nariz Tropical, boa concentração
Boca Entra suave. Podemos apreciar de seguida um corpo médio, frescura interessante. Sente-se ligeira acidez, até ao final médio, algo docinho.


Opinião Bom
Data Prova Junho 2013
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV Apresentado aqui em primeira mão, o vinho revela bem as características da casta, num estilo intenso, lembrando manga, ananás, banana, num fundo floral bastante atractivo. Bem encorpado, cremoso, é um vinho envolvente, sedutor, equilibrado, um belo exemplo de Antão Vaz.

 

O calor estava a níveis pouco habituais para o litoral norte e um branco era o que os sentidos pediam. Hora, portanto, de provar este Antão Vaz e perceber melhor a casta. Temos frutos tropicais em abundância, um corpo interessante e boa companhia à mesa. Não posso dizer que fiquei rendido, mas soube muito bem num sábado de temperatura exterior a rondar os 30º.

publicado por momenta às 19:51
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 29 de Maio de 2013

Momenta vs RV - Nunes Barata Reserva - tinto 2010


Vinho Nunes Barata Reserva
Tipo / Ano Tinto 2010
Castas Syrah, Trincadeira, Alicante Bouschet
Região Regional Alentejano
Produtor Nunes Barata Vinhos


Aspecto Violáceo fechado
Nariz Fruta, especiarias
Boca O ataque é suave. Mostra de seguida um bom corpo, estrutura leve de taninos redondos e frescura média. Redondo e polido, termina médio, suave e com boa persistência.


Opinião Muito bom
Data Prova Maio 2013
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV Uma nova marca que se apresenta em estreia. Feito na zona de Cabeção, Mora, a partir das castas Syrah, Trincadeira, Alicante Bouschet e Touriga Nacional e estagiou 9 meses em barrica de carvalho francês. O aroma reflecte o blend das quatro variedades, acentuando-se o estilo quente e concentrado dos frutos vermelhos maduros ao lado de sugestões químicas e especiarias. Equilíbrio notório na boca, com taninos suaves e textura envolvente e macia, a proporcionar prova muito agradável. Um vinho com grande aptidão para a mesa.

 

Um vinho alentejano muito agradável, destacam-se as suavidade e elegância no final, que fazem com que tenha uma presença muito prazerosa na boca. Os enófilos mais dados aos aromas podem apreciar alguma fruta bem limpa. É um vinho versátil, mas o volume e a concentração  aconselham comida a acompanhar. Gostei muito.

publicado por momenta às 20:00
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Abril de 2013

Momenta vs RV - Pedra Cancela Seleção Enólogo - Tinto 2010


Vinho Pedra Cancela Seleção Enólogo
Tipo / Ano Tinto 2010
Castas Alforcheiro, Tinta Roriz, Touriga Nacional, Jaen
Região Dão
Produtor João Coelho Gouveia


Aspecto Rubi
Nariz Complexo, frutado, especiado
Boca O ataque é suave. Na boca sentimos o corpo médio, boa frescura e taninos redondos. O final é longo, saboroso, complexo, ligeira acidez a dar vida, mas muito suave.


Opinião Muito Bom
Data Prova Fevereiro 2013
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV Uma edição limitada de um vinho feito a partir das castas Alfrocheiro, Tinta Roriz, Touriga Nacional e Jaen. Tem o carácter vincado dos modernos tintos do Dão, com aroma fino e intenso a flores do campo e frutos vermelhos, taninos sedosos e uma grande frescura de boca. Final amplo, vivo e sumarento, muito gastronómico.

 

Os olhos brilharam quando vi o nome do vinho que veio com a RV de Fevereiro. Projecto recente, do qual gostei tudo o que provei. Esta edição especial não fugiu ao habitual e revelou-se muito bom. Um óptimo trabalho de barrica, a conferir carácter a um vinho sedutor, que acompanhou muito bem umas costelinhas grelhadas.

publicado por momenta às 13:04
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Janeiro de 2013

Periquita Reserva - Tinto 2010


Vinho Periquita Reserva
Tipo / Ano Tinto 2010
Castas Castelão, Touriga Nacional, Touriga Franca
Região Regional Setúbal
Produtor José Maria Fonseca


Aspecto Rubi fechado, bom brilho
Nariz Frutado
Boca O ataque é suave e fresco. Tem corpo médio, taninos finos e boa frescura, o que resulta num bom equilíbrio global. O final é longo, com acidez persistente e algum tanino, mas destaca-se pela fruta muito limpa e saborosa.


Opinião Muito Bom
Data Prova Janeiro 2013
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV Feito a partir das castas Castelão, Touriga Nacional e Touriga Francesa. Teve estágio de 8 meses em barricas de carvalho francês. No nariz apresenta notas de ameixa e amora e sugestões de violetas secas. Na boca, o seu corpo é elegante, textura aveludada, com taninos maduros e acidez equilibrada, final suave e bem proporcionado. Uma boa companhia para a mesa.

 

Temos um vinho muito bem conseguido: saboroso, fresco  e suave, é difícil parar de o beber. Muito frutado e nada pesado, é boa companhia para uma carne e um pequeno grupo de convivas. Contribui para a boa disposição e para um convívio alegre. Foi decantado 30-40 minutos antes de ser servido. Também disponível em grandes superfícies, por cerca de €7,00.

publicado por momenta às 19:32
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2013

Momenta vs RV - Quinta do Sobral Reserva - Tinto 2010


Vinho Quinta do Sobral Reserva
Tipo / Ano Tinto 2010
Castas
Região Dão
Produtor Quinta do Sobral


Aspecto Rubi fechado
Nariz Frutado, floral, nuances madeira
Boca O ataque é suave, mas logo sentimos o seu corpo bem constituído a encher a boca com a amplitude que tem. Carnudo, tem taninos finos e acidez bem integrada. O final é médio/longo, com persistência onde se mostram acidez e taninos sem perder suavidade.


Opinião Muito Bom
Data Prova Dezembro 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV As notas florais da Touriga estão bem patentes, com intensidade mas sem excessos. O vinho apresenta-se equilibrado e leve na boca, com a fruta sempre em primeiro plano, muita frescura no final longo e afirmativo.

 

 

Um vinho do Dão, bem suave, mas com muitas componentes a dar-lhe volume. É um estilo que me agrada em particular, já que a elegância não é conseguida através de um perfil sumarento. Arriscaria vaticinar um estado de evolução notável em poucos anos de guarda. Gostei muito e recomendo, é um vinho para uma boa carne.

publicado por momenta às 12:50
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2012

Momenta vs RV - Casas Brancas Reserva - Tinto 2009


Vinho Casas Brancas Reserva
Tipo / Ano Tinto 2009
Castas Syrah, Trincadeira, Aragonez, Alicante Bouschet
Região Regional Alentejano
Produtor Parras Vinhos


Aspecto Rubi brilhante, nuances violáceas
Nariz Frutado, especiado
Boca O ataque é leve e fresco. No meio de boca mantém boa frescura, corpo leve, muito amigável, com taninos redondos. O final seco e saboroso segue o perfil do nariz, com madeira bem integrada, suavidade e alguma persistência via acidez


Opinião Muito Bom
Data Prova Novembro 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV Produzido na região de Estremoz, a partir das Syrah, Trincadeira, Aragonês e Alicante Bouschet, o vinho apresenta-se concentrado na cor e aroma, com notas de fruta em compota a par de nuaces florais. A tosta da madeira envolve a fruta sem se sobrepor e o vinho resulta amplo, denso, com garra. Acompanha um bom assado.

 

Um vinho apelativo na cor brilhante, que se mantém muito agradável na boca amigável, fresca e leve. Pede comida e companhia para boa conversa, mesmo que apenas umas tapas. Muito bom, gostei. Mais uma sugestão interessante da RV.

publicado por momenta às 17:49
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2012

Momenta vs RV - Grand'Arte Alicante Bouschet - Tinto 2009


Vinho Grand'Arte Alicante Bouschet
Tipo / Ano Tinto 2009
Castas Alicante Bouschet
Região Lisboa
Produtor DFJ Vinhos


Aspecto Grená concentrado
Nariz Frutado ao abrir, especiado
Boca Entra suave e transmite uma sensação de frescura pouco usual. Bom corpo, com alguma matéria, bem suave. Equilibrado, perfil sumarento, termina médio com ligeira acidez persistente.


Opinião Muito Bom
Data Prova Outubro 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV Muita cor, muito intenso e profundo de aroma, com notas de bagas maceradas, amoras maduras, num conjunto vibrante e especiado. Na boca apresenta-se bem encorpado, com o fruto doce compensado por boa acidez, redondo, amplo e sumarento

 

 

Um varietal de Alicante Bouschet bem concentrado de cor e aromas. Tem um carácter fortemente especiado, com a madeira do estágio de 3 meses em carvalho francês de Allier da Seguin Moreau muito bem integrada. Há pouco tempo bebi um Mouchão (70% Alicante Bouschet) e as pontes no aroma notaram-se, parecer ser uma casta com caracterísitcas bem vincadas. É um vinho que não deixa de ser amigável e saboroso, mas também com personalidade e adequado para embates gastronómicos mais exigentes.

publicado por momenta às 12:42
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Outubro de 2012

Momenta vs RV - Campolargo - Rosé 2011


Vinho Campolargo
Tipo / Ano Rosé 2011
Castas Pinot Noir
Região Bairrada
Produtor Campolargo


Aspecto Rosa
Nariz Frutos vermelhos, vegetal
Boca Entra suave e mostra de seguida o seu corpo médio e ligeiramente gorduroso. Na boca sente-se uma boa frescura, a acidez parece bem integrada e mostra um perfil mais seco e vinoso. Final médio e elegante, com algum morango a mostrar-se


Opinião Bom
Data Prova Agosto 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV Este vinho rosado apresenta-se muito delicado de aroma, com sugestões de cereja, leves notas florais, mais elegante que exuberante. Essa elegância confirma-se na boca, refrescada por muito boa acidez, sempre num registo leve e bastante frutado. Um perfil que aliado ao baixo teor alcoólico o torna uma excelente companhia para todas as petisqueiras de verão.

 

Este produtor apresenta vinhos diferentes, mas com o devido rigor na procura de qualidade. Este rosé está à sua imagem: bom e diferente. Não se espere o tradicional vinho docinho de esplanada, mas um estilo mais seco. Gostei.

publicado por momenta às 17:56
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Setembro de 2012

Momenta vs RV - Quinta do Boição Reserva - Branco 2010


Vinho Quinta do Boição Reserva
Tipo / Ano Branco 2010
Castas Arinto
Região Bucelas
Produtor Enoport


Aspecto Amarelo palha
Nariz Intenso, citrinos, mineral, fumado
Boca Ataque bem fresco, a lembrar a casta. No meio-de-boca mostra um bom corpo, de textura suave, quase cremosa. Equilibrado, bem seco e com algum amargo que parece associado à óptima acidez. Bom final, refrescante, frutado e sedutor.


Opinião Muito bom
Data Prova Agosto 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV Um branco de Bucelas com aromas de citrinos maduros e leves notas fumadas que dão complexidade à fruta. Na boca é cremoso, encorpado, com excelente acidez limonada que lhe dá um carácter fresco, elegante e muito atractivo.

 

Gostei muito deste Quinta do Boição Reserva, bem fresco e com muito prazer de prova. Não é um vinho fácil e a comida é companhia obrigatória, mas é encantador e só a garrafa vazia nos faz parar. Mais uma boa sugestão da Revista de Vinhos. Muito bom.

publicado por momenta às 19:50
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 17 de Julho de 2012

Momenta vs RV - Conde D'Ervideira - Tinto 2010

Vinho Conde D'Ervideira
Tipo / Ano Tinto 2010
Castas Trincadeira, Aragonez, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon
Região Alentejo
Produtor Ervideira


Aspecto Violáceo concentrado, quase opaco
Nariz Fruta preta, madeira, especiarias, ligeiro vegetal
Boca Corpo médio, taninos com ligeira aresta, boa acidez. Não sendo particularmente encorpado, a estrutura de taninos destaca-se, com uma presença dominadora. Enquanto abria ficava mais redondo, sem nunca deixar o seu perfil seco. A boca confirma o nariz, até ao final médio


Nota 16,5
Data Prova Junho 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV Feito a partir de um lote onde entraram as castas Aragonez, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon. No nariz revela-se muito intenso, cheio de fruto fresco e bonito, amparado por fumados de madeira. Bastante atractivo na boca, com frutos de grande qualidade, amoras e framboesas, deliciosa acidez no final leve e fresco.

 

A Ervidideira é propriedade da família Leal da Costa, descente do Conde de Ervideira, cuja produção tem origem nas uvas das Herdades Monte da Ribeira e Herdadinha. A área total ronda os 160 ha, com 110 na Vidigueira e 50 em Reguengos

As castas deste vinho foram vinificadas de forma autónoma, ao que se seguiu o estágio do lote durante 8 meses em barricas de carvalho francês (predomínio). Antes de sair para o mercado ainda afinou em garrafa um ano. Seco e concentrado, temos um vinho com carácter e madeira bem trabalhada, que contribui para a complexidade sem marcar. Estrutura e acidez interessantes, que podem indiciar longevidade. Muito bom, com qualidade. Para consumo imediato sugere-se abertura atempada ou decantação.

publicado por momenta às 19:57
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 2 de Julho de 2012

Filoco - Tinto 2009

Vinho Filoco
Tipo / Ano Tinto 2009
Castas Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz
Região Douro
Produtor Soc. Vitícola Foz Távora


Aspecto Rubi, nuances violáceas
Nariz Fruta madura, compotas, notas estágio madeira
Boca Bom corpo, boa acidez. Boa presença de boca, onde o seu corpo quase carnudo apresenta textura bem suave e deixa sensações adocicadas e de algum volume. A ausência de estrutura de taninos contribui para o polimento global. Final médio.


Nota 16
Data Prova Junho 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV O vinho provém dos 130 hectares de vinha que a família Macedo tem nas margens dos rios Douro e Távora, no coração do Cima Corgo. Este Filoco, produzido a partir de uvas Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz revela uma cor intensa e um aroma exuberante a frutos silvestres, esteva com um toque mineral. Muito jovem ainda mas já bem sumarento e rico, com taninos maduros, tudo bastante equilibrado e cheio de sabor.

 

Um vinho muito amigável, pela suavidade e carácter mais doce do que seco, cujo corpo compensa a falta de estrutura de taninos. No início, alguma acidez espevita o final, mas após ½ hora no decanter revelou a elegância. Pelo corpo e boa fruta atinge o muito bom, mas não é um vinho marcante. Perfil bem duriense nos aromas e sabores. Curiosamente, as caracterísitcas organolépticas do vinho apenas ocupam metade da nota de prova da RV, o que não deixa de ter algum significado.

publicado por momenta às 13:56
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Maio de 2012

Momenta vs RV - Maria Mora Reserva - Tinto 2009

Vinho Maria Mora Reserva
Tipo / Ano Tinto 2009
Castas Syrah, Touriga Nacional, Alicante Bouchet
Região Regional Alentejano
Produtor Magnum – Carlos Lucas Vinhos


Aspecto Rubi fechado, bordo violáceo
Nariz Fruta vermelhos maduros, chocolate, madeira
Boca Bom corpo, taninos discretos, acidez média. Intenso e encorpado, no palato a fruta e o chocolate lutam por protagonismo, com vantagem para o último. Acrescenta ainda um toque de café, no final longo com boa persistência.


Nota 16
Data Prova Maio 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV O vinho apresenta-se bem intenso na cor e no aroma, com boas notas de compotas, chocolate preto, ervas secas, especiarias. Bastante encorpado, com taninos sólidos mas bem maduros, vigoroso, final amplo com leves notas tostadas. Será um vinho aconselhável para acompanhar assados de carne.

 

Produzido para o bem conhecido Carlos Lucas, temos um vinho com 9 meses de estágio em barricas. Destaca-se pelo corpo e boa intensidade, quer de aromas, quer de sabores. Embora se sinta a madeira, dá a impressão que está em integração. Vinho de qualidade, atinge o muito bom, mas sem entusiasmar. Penso que o tempo pode ajudar um pouco (2/3 anos). Muito alentejano, mesmo sem correponder exactamente ao perfil tradicional, é especialmente indicado para apreciadores dos vinhos da região.

publicado por momenta às 13:58
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 30 de Abril de 2012

Momenta vs RV - Paulo Laureano Premium Escolha - Tinto 2009

Vinho Paulo Laureano Premium Escolha
Tipo / Ano Tinto 2009
Castas Aragonez, Trincadeira, Alic. Bouschet
Região Alentejo
Produtor Paulo Laureano Vinus


Aspecto Rubi fechado
Nariz Fruta preta, especiarias, coco, tosta
Boca Encorpado, taninos redondos, boa acidez. Intenso e estruturado, o seu corpo enche a boca. Final longo e persistente, seco, com nuances de coco e ligeira casuticidade.


Nota 16,5
Data Prova Abril 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV É um lote especial exclusivo para os leitores da Revista de Vinhos. Intenso de cor, revela uma grande concentração aromática, com muitas notas de ameixa madura, compotas, especiarias. Cheio e apimentado na boca, com taninos sólidos e acidez firme a dar frescura. Jovem ainda, promete boa evolução em garrafa.

 

Um vinho que demonstra qualidade desde o primeiro contacto. É aconselhável decantar ou deixá-lo respirar em garrafa 30-45 m, já que os aromas do estágio em madeira são intensos. A degustação pode sair prejudicada e não usufruimos de tudo o que o vinho tem para nos oferecer. Intenso, é muito adequado à culinária do Alentejo (lembrou-me que harmonizaria bem com uma chanfana de borrego que tinha comido há dias). Fresco e estruturado, indicia capacidade de guarda. Aliás, até sugiro guarda, porque parece ter muito bouquet para desenvolver. Não tem um perfil consensual, aconselharia a quem gosta de vinhos com estágio prolongado. No entanto, a qualidade é notória e não deve ficar restrito a hipotéticos “enófilos” em desfavor das “massas”.  Mais um belo vinho que a RV colocou ao alcance dos seus leitores.

publicado por momenta às 12:49
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.links

.pesquisar

 

blogs SAPO

.subscrever feeds