Este blog é a materialização de duas necessidades humanas: expressar o que nos passa pela cabeça e guardar para consulta futura. Não possuo formação específica sobre as matérias abordadas, logo, este blog é apenas um espaço aberto de opinião.

.posts recentes

. Palmer's & Co Vintage 200...

. Quinta do Carmo 2014

. Dona Maria 1974

. Bafarela Grande Reserva 2...

. Quinta Cidrô Boal 2014

. Ventozelo Reserva 2014

. Castello D'Alba Vinhas Ve...

. Luís Pato Maria Gomes

. Langhe Nebbiolo 2010

. Ribbonwood Pinot Noir 201...

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

Sexta-feira, 10 de Outubro de 2014

Sogrape Reserva 1999 e Arroz de Carnes: harmonização excelente

V_Sogrape_Res_T_99

 A paixão por vinhos tintos com anos de evolução lá se vai alimentado de novas provas, que se limitam a confirmar que este estilo está muito mais próximo do meu gosto pessoal. Não significa que só gosto de vinhos com o seu tempo de garrafa ou só vou passar a beber deste tipo de vinhos, porque cada vinho tem o seu lugar e a comida também manda no vinho que se vai beber. Neste caso, temos uma garrafa num ponto de evolução, quem sabe, perfeito. Cor rubi já com as primeiras notas acastanhadas, aromas muito limpos de especiarias e fruta madura em segundo plano, na boca super polido, fresco e elegante, já sem sombra de taninos e o melhor dos bons vinhos evoluídos: um final enorme, que enche a boca e ainda deixa marca na garanta. Em excelente forma, bebê-lo foi um grande prazer.

Harmonização: A escolha foi determinada pelo prato: um arroz de carnes. É um prato de sabores leves, com carnes cozidas e arroz cozinhado na água daquelas, com uma passagem no forno para dar o toque final. Pensei num vinho elegante, polido, quase sumarento, e delicado para não se sobrepor ao prato; ora, este perfil era de um vinho evoluído, portanto, fui à procura de um Dão. O resultado superou as expetativas, esperava uma boa harmonização, correta, agradável; mas a verdade é que foi empolgante, o palato pedia mais, sempre mais. O diálogo vinho/comida foi de um equilíbrio perfeito sem sobreposições, antes complementar. Ficou na memória.

Como vou recordar este vinho: Um vinho em grande forma, que participou numa harmonização excelente. Resultado: um grande almoço em família. O homem de família e o enófilo tiveram um momento fantástico.

 

Vinho Sogrape Reserva Produtor Sogrape Vinhos
Tipo / Ano Tinto 1999 Opinião Muito bom
Castas   Data Prova Setembro 2014
Região Dão Preço €9,70 Garrafeira Tio Pepe

 

publicado por Ricardo Cruz às 19:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds