Este blog é a materialização de duas necessidades humanas: expressar o que nos passa pela cabeça e guardar para consulta futura. Não possuo formação específica sobre as matérias abordadas, logo, este blog é apenas um espaço aberto de opinião.

.posts recentes

. Palmer's & Co Vintage 200...

. Quinta do Carmo 2014

. Dona Maria 1974

. Bafarela Grande Reserva 2...

. Quinta Cidrô Boal 2014

. Ventozelo Reserva 2014

. Castello D'Alba Vinhas Ve...

. Luís Pato Maria Gomes

. Langhe Nebbiolo 2010

. Ribbonwood Pinot Noir 201...

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

Quarta-feira, 7 de Janeiro de 2015

François Martin - Saber Apreciar o Vinho

Francois Martin_Degustar Vinho.jpg

Este pequeno livro é especial: foi o primeiro livro sobre vinho que comprei. Estava no início desta aventura da degustação e as minhas compras eram feitas nos hipermercados, essencialmente com base no que lia nos rótulos. Nada de Revista de Vinhos, blogues ou outras fontes de informação especializadas; consumidor tradicional. Vi no Pingo Doce um livro pequeno, que custava €7,50, e trouxe-o para aprender um pouco mais sobre o tema.

O resultado foi excelente, porque é um livro que me tem acompanhado e a que volto com muita frequência. A pequena dimensão é ilusória, porque resulta de um poder de comunicação notável por parte do autor. Nota-se claramente que é alguém com conhecimentos sobre matéria e que, ao mesmo tempo, consegue transmitir de forma concisa e simples muitos dos conceitos específicos da degustação de vinhos. Esta é uma característica dos grandes professores, utilizando uma expressão popular: conseguem “trocar por miúdos”.

No início tudo era aprendizagem e uma leitura altamente informativa. Agora, que já conheço um pouco mais sobre o tema, usufruo do prazer de compreender o que está escrito, perceber de onde vêm aquelas ideias.

É um livro que me marcou, ajudou a evoluir e muito bem escrito, portanto, muito importante neste hobby da degustação de vinhos. Tudo isto por €7,50...

 

Título original: Savoir Déguster le Vin (2008, Éditions Féret)

Em Portugal: Editorial Presença, 1ª Edição 2009

tags:
publicado por Ricardo Cruz às 18:27
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds