Este blog é a materialização de duas necessidades humanas: expressar o que nos passa pela cabeça e guardar para consulta futura. Não possuo formação específica sobre as matérias abordadas, logo, este blog é apenas um espaço aberto de opinião.

.posts recentes

. Herdade dos Grous 23 Barr...

. Le Bourgogne - Chardonnay...

. Vega Sicília Único 2003

. CARM Rabigato 2015

. Permitido - branco 2015

. Proibido - Tinto 2012

. Campolargo branco 2012 e ...

. Espumante Aliança Tinto

. Soalheiro Clássico 2015

. Paulo Laureano Premium Vi...

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

Segunda-feira, 30 de Abril de 2012

Momenta vs RV - Paulo Laureano Premium Escolha - Tinto 2009

Vinho Paulo Laureano Premium Escolha
Tipo / Ano Tinto 2009
Castas Aragonez, Trincadeira, Alic. Bouschet
Região Alentejo
Produtor Paulo Laureano Vinus


Aspecto Rubi fechado
Nariz Fruta preta, especiarias, coco, tosta
Boca Encorpado, taninos redondos, boa acidez. Intenso e estruturado, o seu corpo enche a boca. Final longo e persistente, seco, com nuances de coco e ligeira casuticidade.


Nota 16,5
Data Prova Abril 2012
Preço €6,00 com a Revista Vinhos
Prova RV É um lote especial exclusivo para os leitores da Revista de Vinhos. Intenso de cor, revela uma grande concentração aromática, com muitas notas de ameixa madura, compotas, especiarias. Cheio e apimentado na boca, com taninos sólidos e acidez firme a dar frescura. Jovem ainda, promete boa evolução em garrafa.

 

Um vinho que demonstra qualidade desde o primeiro contacto. É aconselhável decantar ou deixá-lo respirar em garrafa 30-45 m, já que os aromas do estágio em madeira são intensos. A degustação pode sair prejudicada e não usufruimos de tudo o que o vinho tem para nos oferecer. Intenso, é muito adequado à culinária do Alentejo (lembrou-me que harmonizaria bem com uma chanfana de borrego que tinha comido há dias). Fresco e estruturado, indicia capacidade de guarda. Aliás, até sugiro guarda, porque parece ter muito bouquet para desenvolver. Não tem um perfil consensual, aconselharia a quem gosta de vinhos com estágio prolongado. No entanto, a qualidade é notória e não deve ficar restrito a hipotéticos “enófilos” em desfavor das “massas”.  Mais um belo vinho que a RV colocou ao alcance dos seus leitores.

publicado por momenta às 12:49
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Abril de 2012

Casal do Cerrado - Tinto 2010

Vinho Casal do Cerrado
Tipo / Ano Tinto 2010
Castas Castelão (80%), Aragonez (20%)
Região Setúbal
Produtor Venâncio Costa Lima


Aspecto Rubi fechado
Nariz Frutos vermelhos maduros
Boca Corpo médio, boa acidez, taninos polidos. Boa intensidade no palato, característico da Castelão, sempre frutado, com umas cerejas maduras em destaque. Agradável e sedutor na boca até ao bom final.


Nota 15
Data Prova Abril 2012
Preço €2,49, no Continente

 

Simpatizo com a casta Castelão. Tem intensidade, carácter, origina vinhos muito frutados e saborosos, com corpo bem interessante. Tem tendência para um perfil mais doce do que seco, o que não é nada problemático. Este vinho segue as características (mesmo ponderada a 80%), com sabor intenso e agradável, e uma suavidade que convida a encher o copo. Amigável e consensual, adequado para um consumo descontraído, tem boa relação qualidade/preço, é uma boa compra, tal como o seu irmão.

tags:
publicado por momenta às 13:59
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 24 de Abril de 2012

LER - Março 2012

 

O grande destaque na capa da LER de Março foi algo que nos orgulha: Portugal foi o país convidado na Feira do Livro Infantil de Bolonha. Nesse enquadramento, 25 ilustradores nacionais estiveram presentes e cinco deles tiveram destaque especial nesta edição. Em geral, foi mais um bom número, muito coeso na qualidade dos conteúdos, com Maria Ordoñes a brilhar bem alto e ofuscar o que aconteceu à sua volta.

Como principais destaques temos:

 

- Língua Movediça: muletas a evitar, tendo como exemplo supremo “Como não podia deixar de ser”. Útil e muito interessante;

- Maria Ordoñes: afinal A Sibila não foi o primeiro romance de Agustina Bessa-Luís, nem O Mundo Fechado. Sob o nome de Maria Ordoñes encontraram-se dois romances iniciais da escritora. Motivo para excertos, entrevista e ensaios, num momento gigante da LER;

- Wislawa Szymborska: Desconhecida para mim, foi com grande prazer que contactei com um pouco do seu mundo. Especial destaque para um poema fortíssimo;

- Leituras Miúdas: Que há a dizer? Boas sugestões.

 

Além do último destaque, outras sugestões ficaram anotadas: As Guerras de Napoleão, de Charles Esdaille; A Queda de Wall Street, de Michael Lewis, uma BD mítica de Craig Thompson, “Blankets”.

 

 

tags: ,
publicado por momenta às 13:56
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Abril de 2012

Gostei - Poema

A LER de Março tem uma peça sobre a há pouco falecida prémio Nobel Polaca Wislawa Zsymborska. Entre um ou outro poema e citações, este marcou.

 

 

Fotografia de 11 de Setembro

 

Atiraram-se dos andares em chamas,

um, dois e mais uns quantos

mais acima, mais abaixo.

 

A fotografia deteve-os com vida,

e, agora, preserva-os

sobre a terra rumo à terra.

 

Cada um deles é ainda um todo

com um rosto pessoal

e o sangue bem resguardado.

 

Ainda há tempo suficiente

para os cabelos esvoaçarem

e para dos bolsos caírem

chaves e moedas pequenas.

 

Ainda se encontram no seio do ar,

ao alcance de espaços

que acabaram de se abrir.

 

Por eles, só posso fazer duas coisas -

descrever este voo

e não acrescentar a última frase.

tags:
publicado por momenta às 10:34
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Abril de 2012

CARM - Tinto 2010

Vinho CARM
Tipo / Ano Tinto 2010
Castas Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz
Região Douro
Produtor Casa Agrícola Roboredo Madeira


Aspecto Rubi
Nariz Frutado
Boca Corpo médio, acidez média, taninos polidos. Vinho agradável, suave e frutado. Mantém-se com este perfil até ao final médio.


Nota 15
Data Prova Abril 2012
Preço

 

Em Almendra, concelho de V. N. Foz Côa, encontra-se a sede da CARM. Estamos em pleno Parque Natural do Douro Internacional e Parque Arqueológico Vale do Côa. Dos 90 hectares de vinha nas suas quintas da região, com aposta crescente em produção biológica, nascem vinhos DOC Douro, sub-região Douro Superior.

Um vinho de entrada de gama, que procura certamente ser amigável, consensual, fácil de beber e consegue. Desenhado para o mercado cumpre bem o seu papel. Gostei.

tags:
publicado por momenta às 18:04
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Abril de 2012

Wine - Março 2012

 

Em Março, tivemos uma Wine de leitura leve e agradável, com algumas histórias e uma peça mais desenvolvida sobre os vinhos da Nova Zelândia. Sacrificou o peso de um dos seus pontos fortes, os artigos de opinião, este mês limitado a José Penin, Luís Costa e Miguel Júdice. Luís Costa destacou o espumante Casa do Valle Grande Reserva Bruto 2003 como a revelação da EV 2011. Curiosamente, também o provei na Essência do Vinho, gostei muito e transmiti ao produtor a mesma opinião de um pvp bem competitivo.

Os destaques desta edição são:

 

- Casta, Tinta Francisca;

- Catering, os bastidores do serviço de catering de um casamento. Um destaque interessante a uma realidade com tendência a ficar longe dos holofotes;

- Nova Zelândia, bela peça sobre 6 produtores de referência, sem esquecer a história e as especificidades das regiões. Muito bom;

- Top 10, escolher os melhores nunca é absoluto e o melhor para uns não é o melhor para outros. Os 10 escolhidos pelo júri da Essência de Vinho, no entanto, não deixam de representar uma amostra do que temos de melhor em Portugal.

 

Quanto a sugestões de compra, mais 7 vinhos se juntaram à lista.

tags: ,
publicado por momenta às 13:06
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Abril de 2012

Revista de Vinhos - Março 2012

 

 

Em Março, a Revista de Vinhos apresentou como destaque de capa um painel de Vintage 2009. Como apreciador de Porto, os olhos brilharam de imediato. Lá dentro, os conteúdos não se ficaram pelo painel, já que um pouco de história, detalhes de produção e harmonizações fazem uma introdução perfeita a um painel de luxo. É inevitável pensar no preço como um condicionante muito forte, no entanto, não deixamos de encontrar pvp entre €35,00 e €40,00, bem como um caso abaixo de €25,00.

No global, foi mais uma edição de leitura voraz, com interesse e qualidade bem elevados, em particular:

 

- Ideal Drinks, um projecto que procura fazer dos melhores vinhos do mundo. Que dizer? Felicidades e parabéns pelo objectivo ambicioso;

- Vinhão, a região dos Vinhos Verdes fervilha. Investimentos, reconhecimento, evolução... O brancos já são uma referência e sentir que os tintos começam a recuperar espaço é muito agradável. A RV também contribui com um reportagem muito interessante, que alia tradição à vanguarda do que a casta vinhão oferece nesta região;

- Lá fora, a região Italiana de Toscana é irresistível: património cultural único (Florença, por ex.), bom vinho e a natureza em grande esplendor;

- Brancos velhos, a ditadura do mercado e a necessidade dos produtores criaram o hábito do consumos dos vinhos brancos novos e algum estigma face ao mais evoluídos. Nesta edição vemos brancos de final da déc. 90 / início 2000 a mostrarem qualidade e capacidade de proporcionar prazer na prova.

 

Em Março adicionei mais 8 sugestões à lista de compras.

tags: ,
publicado por momenta às 13:48
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Abril de 2012

Borges Touriga Nacional - Tinto 2005

Vinho Borges Touriga Nacional
Tipo / Ano Tinto 2005
Castas Touriga Nacional
Região Dão
Produtor Soc. Vinhos Borges


Aspecto Rubi
Nariz Fruta preta, cassis
Boca Bom corpo, boa acidez, taninos redondos. Bem suave na boca, com a madeira perfeitamente integrada, o seu corpo carnudo acomoda bem os taninos e arredonda a textura. Termina longo, persistência média, frutado e vivo.


Nota 16
Data Prova Abril 2012
Preço

 

A Soc. Vinhos Borges produz vinhos no Dão a partir de uvas cultivadas na Quinta S. Simão Aguieira, localizada em Aguieira, concelho de Nelas, sub-região Terras de Senhorim. Nesta quinta com 74 hectares, uma selecção de uvas da casta Touriga Nacional é seleccionada para este vinho estreme, cujo processo de vinificação culmina com um estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês.

É um Dão com toque duriense. Os aromas e o corpo bem constituído aproximam-no do perfil Douro, mas as acidez e estrutura são fiéis ao Dão. Vinho de uma colheita de há quase 7 anos, mas que se mantém em boa forma. Tem um perfil de alguns 2008. Na prova é muito agradável, já que a suavidade é cativante e o domínio da fruta saboroso. A relação qualidade/preço não é o seu forte, mas quem puder suportar os cerca de €15,00 não se arrependerá.

tags:
publicado por momenta às 17:32
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Abril de 2012

Caves Santa Marta - Rosé 2011

Vinho Caves Santa Marta
Tipo / Ano Rosé 2011
Castas
Região Douro
Produtor Caves Santa Marta


Aspecto Rosa intenso
Nariz Frutado, floral, não muito limpo
Boca Boa acidez, corpo médio. Na boca sentimos o perfil rosado de forma mais nítida. Mais doce do que seco, o equilíbrio vem pela acidez, que compõe o conjunto. Final médio.


Nota 14,5
Data Prova Abril 2012
Preço €2,49, Continente

 

Vinho da Cooperativa Caves de Santa Marta, elaborado a partir de uvas do Concelho de Santa Marta de Penaguião, região Douro, sub-região Baixo Corgo.

O primeiro rosado 2011 esteve bem.  Bem fresco, com muitos morangos, corresponde ao que se espera dele sem causar mossa acentuada na carteira. Face ao preço, é um boa  compra.

tags:
publicado por momenta às 13:28
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Abril de 2012

Guarda Rios - Tinto 2008

Vinho Guarda Rios
Tipo / Ano Tinto 2008
Castas Syrah, Touriga Nacional, Merlot
Região Tejo
Produtor Vale d'Algares


Aspecto Violáceo fechado
Nariz Fruta preta, fumados, café, madeira
Boca Bom corpo, boa acidez, taninos redondos. Muito agradável na boca, apresenta uma boa estrutura de taninos finos, mantendo-se a suavidade global e uma prova bem saborosa e fresca. Termina muito bem, suave, com o mesmo perfil do nariz e saboroso


Nota 16,5
Data Prova Março 2012
Preço €4,99, Feira Vinhos Pingo Doce

 

Elaborado na Herdade Vale de Algares, localizada em Vila Chã de Ourique, concelho do Cartaxo, é mais um vinho muito bom da região do Tejo, que alia qualidade a prazer na degustação. Saboroso, suave, com elegância final, é um prazer contar com ele como companheiro de mesa. A prova não se limitou à refeição, já que só larguei o copo quando vazio e bem depois do café. Pelas estrutura e complexidade atinge o muito bom e a €4,99 é para se comprar o que se conseguir encontrar.

tags:
publicado por momenta às 13:50
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.links

.pesquisar

 

blogs SAPO

.subscrever feeds